Quinta, 23 de Maio de 2024
°

Geral Desaparecidos

Equipes de resgate são acionadas para buscar jovens desaparecidos na região da cachoeira do Urubu Rei, em Pedro II

Eles partiram por volta das 13h, mas até agora não retornaram

27/03/2023 às 23h10 Atualizada em 28/03/2023 às 06h43
Por: Gustavo Mesquita
Compartilhe:
Equipes de resgate são acionadas para buscar jovens desaparecidos na região da cachoeira do Urubu Rei, em Pedro II

 

 

No início da tarde desta segunda-feira (27), três jovens identificados apenas como: Jadson, Otávio e Davi saíram para visitar a cachoeira do Urubu Rei, em Pedro II. Eles partiram por volta das 13h, mas até agora não retornaram, o que tem causado grande preocupação entre seus amigos e familiares.

Diante dessa situação, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Civis foram acionados para ajudar nas buscas na região. As equipes se deslocaram ao local por volta das 23h desta segunda-feira. Há a suspeita de que os jovens possam ter sido surpreendidos por uma "cabeça d'água" na cachoeira e ficaram perdidos na mata.

As autoridades alertam que este período chuvoso requer cuidados redobrados, especialmente quando se trata de locais com riscos como cachoeiras e rios. A Defesa Civil de Pedro II, inclusive, havia soltado uma nota pedindo que as pessoas evitassem visitar esses locais durante o período de chuvas intensas.

 

ATUALIZAÇÃO: 

Na madrugada desta terça-feira (28), os jovens Jadson, Otávio e Davi foram encontrados com vida pelas equipes de resgate que estavam realizando as buscas na região da cachoeira do Urubu Rei, em Pedro II.

Segundo informações dos Bombeiros Civis, que estiveram no local, os jovens foram resgatados por volta das 2h30 da manhã desta terça-feira e chegaram em Pedro II por volta das 4h. Apesar de apresentarem sinais de desidratação, eles estão fora de perigo e passam bem. Os bombeiros civis, juntamente com familiares, trabalharam durante a noite e madrugada na busca pelos jovens, que haviam saído para visitar a cachoeira na tarde de segunda-feira e não haviam retornado. Eles teriam ficado presos devido a uma “cabeça d’água”, após fortes chuvas que caíram na região.

A Defesa Civil alerta que é preciso redobrar os cuidados em locais com riscos como cachoeiras e rios durante o período chuvoso, e recomendam que as pessoas evitem visitar esses locais durante as chuvas intensas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.