Terça, 07 de Dezembro de 2021 05:25
(86) 9 9415-6383
Saúde covid-19

Agosto foi o mês com menos óbitos por Covid-19 em 2021 no Piauí

Dados do boletim epidemiológico divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi)

09/09/2021 15h55
439
Por: Cleber Araújo Fonte: Sesapi / 180 Graus
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

 

 

Dados do boletim epidemiológico divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) revelam que agosto tem o menor registro de mortes por Covid-19 em 2021 no Piauí, que já teve 6.965 mil perdas até agora. Em 2020, os menores números foram registrados nos meses de março e abril, bem no início da pandemia. De lá para cá, o estado enfrentou uma crescente de casos que entrou em declínio nos últimos dois meses.

O estado fechou o mês de agosto com 110 óbitos, 95 a menos dos registrados em julho, quando foram contabilizados 205 óbitos. E bem abaixo da marca dos meses de março (930), abril (1.087), maio (765) e junho (433). "No mês de agosto registramos três vezes um período de 24 horas sem óbitos. Nos dias 11, 18 e 30 não tivemos vítimas fatais de Covid-19 no Piauí", lembra o secretário Florentino Neto.

Atualmente, o Estado tem o menor número de pessoas internadas, somando os leitos clínicos (94), UTIs (83) e estabilização (7), são apenas 184 pessoas internadas. No pico da pandemia, o Piauí chegou a enfrentar filas de espera por leitos em todas as regiões do estado. O Piauí já tem 310.611pessoas recuperadas da doença, incluindo 22.528 altas médicas.

“Estamos esperançosos e confiantes de que esses números vão continuar caindo, e que o Piauí, bem como o mundo logo estará livre desse vírus. Devemos ficar em alerta, e nos lembrarmos que é necessário continuar seguindo protocolos, como uso de máscara e evitar aglomerações até que o índice da população imunizada seja ainda maior”, disse Florentino Neto, secretário de Saúde.

O Piauí vacinou 2.827.048, sendo que 1.937.943 pessoas tomaram a primeira dose e 889.105  (D1 e DU) já completaram o esquema vacinal e tomaram as duas doses da vacina. O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, aponta que "a agilidade logística adotada no Piauí para  distribuir as doses para os municípios em menos de 24h" tem contribuído com ampliação da vacinação do estado. Além disso, ele destaca o empenho dos municípios e dos profissionais de saúde para garantir o acesso da população às vacinas. O gestor afirma que "só com a vacina poderemos sair dessa situação".

    * O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.